Sítio para casamento ao ar livre Meio do Mato

 

Jéssica e Leonardo se conheceram ainda crianças e foram amigos de faculdade. Mas foi preciso um certo empurrãozinho das madrinhas Thais e Michele para que passassem a se olhar de forma diferente. E para que essa história de amor começasse de verdade ainda aconteceram dois pedidos de namoro! Já o pedido de casamento foi mais fácil e Jéssica aceitou na hora!

Em meio à natureza

Fácil também foi escolher o local para o casamento. O casal, que adora apreciar a natureza, se encantou com o sítio logo à primeira vista. Durante a visita, começou a se formar a ideia de um casamento colorido ao ar livre.

“No Meio do Mato, a natureza é muito gentil conosco, um espetáculo visual que nenhuma decoração consegue superar, por mais bonita e grandiosa que seja”, exaltou Jéssica. “Precisávamos mostrar aos nossos amigos o que nos encantou neste local, o porquê de escolhermos casar ali, tão longe de nossa cidade natal.”

Para aproveitar ainda mais o verde em que estava envolvida, a noiva fez suas fotos de making of entre as árvores. Um singelo diferencial sugerido pela equipe de fotografia Thrall Photography.

“Nós temos essa pegada de curtir e interagir com a natureza. Por isso, para nós parece uma grande perda ficar numa sala fechada com luz artificial de dia estando num local incrível, que é o Meio do Mato”, explicou a Thrall Photography. “Daí veio a ideia de levar a noiva para o meio das árvores para se vestir lá e fazer as fotos do making of. Sugerimos isso para a Jéssica, ela topou e fomos ver o que rolava. O resultado ficou muito bonito e natural.”

 

Casamento colorido e ao ar livre

Se o cenário já era perfeito, a ornamentação tinha a missão de trazer a identidade dos noivos. “A decoração precisava refletir quem somos, ter o nosso jeitinho, mostrar nossa personalidade. As pessoas precisavam chegar e sentir a nossa energia. Foi o que buscamos: um casamento ao ar livre, em meio à natureza, despojado e alegre”, contou a noiva.

Por isso, as cores escolhidas foram amarelo e azul. O colorido simbolizava o alto astral dos noivos e o clima que queriam para o dia. Além disso, a paleta tinha um significado especial para eles. “O amarelo nos remete à energia do sol, à felicidade e à materialização dos sonhos. O azul escuro é a cor que limpa os pensamentos ruins, livra-nos da negatividade”, explica Jéssica.

Para completar, flores em arranjos desconstruídos, cadeiras coloridas, lounges com almofadas de estampas alegres e uma charmosa Kombi amarela cheia de vasinhos com suculentas para presentear os convidados.

 

Sem medo de chuva

Jéssica sonhava com um casamento totalmente ao ar livre, com cerimônia e festa em área externa. “Por diversas vezes, a ideia foi ponderada pelas decoradoras e pela equipe do Meio do Mato. Mas apesar dos riscos, era o que eu queria”, lembrou.

Geralmente as noivas costumam optar por fazer a cerimônia no jardim ao ar livre e a festa em local coberto, com as mesas para os convidados dentro do salão ou no gazebo com vista para a piscina. Dessa forma, os riscos são menores, já que apenas a cerimônia não será realizada em área coberta.

Mas Jéssica queria algo diferente. Queria as mesas, lounges, a pista de dança e o palco para banda no jardim, sem cobertura. Até existia um planejamento para as áreas cobertas, que foi rejeitado por ela. No final, a decoração ficou linda e a noiva amou!

O tempo colaborou, mas uma chuva de verão chegou a cair sobre o sítio. E se você acha a festa acabou por aí, está muito enganado. “Foi lindo ver que todos os nossos amigos continuavam ali felizes, se divertindo, e pouco se importando com a chuva, pelo contrário, aproveitando”, contou a noiva.

Casamento ao ar livre sem medo de chuva, só com Plano B! Veja aqui nossas dicas

Por Katryn Dias
Fotos Thrall Photography